QUEM SOMOS E NOSSO COMPROMISSO

Somos uma igreja evangélica, pentecostal, fundamentada na Palavra de DEUS, da qual não abrimos mão de sua importância para o crescimento da igreja e das pessoas.



segunda-feira, 23 de março de 2015

O DEUS REVELADOR, DAQUILO QUE NINGUEM CONHECE.

I-INTRODUÇÃO – DANIEL 2:1-4, 10-13

(Daniel 2:1) - E NO segundo ano do reinado de Nabucodonosor, Nabucodonosor teve sonhos; e o seu espírito se perturbou, e passou-se-lhe o sono.
(Daniel 2:2) - Então o rei mandou chamar os magos, os astrólogos, os encantadores e os caldeus, para que declarassem ao rei os seus sonhos; e eles vieram e se apresentaram diante do rei.
(Daniel 2:3) - E o rei lhes disse: Tive um sonho; e para saber o sonho está perturbado o meu espírito.
(Daniel 2:4) - E os caldeus disseram ao rei em aramáico: Ó rei, vive eternamente! Dize o sonho a teus servos, e daremos a interpretação.

(Daniel 2:10) - Responderam os caldeus na presença do rei, e disseram: Não há ninguém sobre a terra que possa declarar a palavra ao rei; pois nenhum rei há, grande ou dominador, que requeira coisas semelhantes de algum mago, ou astrólogo, ou caldeu.
(Daniel 2:11) - Porque o assunto que o rei requer é difícil; e ninguém há que o possa declarar diante do rei, senão os deuses, cuja morada não é com a carne.
(Daniel 2:12) - Por isso o rei muito se irou e enfureceu; e ordenou que matassem a todos os sábios de Babilônia.
(Daniel 2:13) - E saiu o decreto, segundo o qual deviam ser mortos os sábios; e buscaram a Daniel e aos seus companheiros, para que fossem mortos.

O texto nos leva até a Babilônia, durante o reinado de Nabucodonosor, quando este tem um sonho, e diz a PALAVRA que este ao ter o sonho, seu espírito se perturbou.
Perturbado com o que viu, mandou chamar os seus magos, encantadores, feiticeiros, para que dissesse qual era o sonho e o interpretassem . Imagine você, saber o que o rei havia sonhado e interpretá-lo, pois senão seriam mortos todos eles.
Os magos tentaram e não conseguiram, e disseram que nenhum homem podia revelar o que o rei queria

(Daniel 2:11) - Porque o assunto que o rei requer é difícil; e ninguém há que o possa declarar diante do rei, senão os deuses, cuja morada não é com a carne.

O rei então se enfurece e manda matar a todos os sábios da corte e isso atingia Daniel e seus amigos

(Daniel 2:13) - E saiu o decreto, segundo o qual deviam ser mortos os sábios; e buscaram a Daniel e aos seus companheiros, para que fossem mortos.

A partir deste momento aprendemos algumas coisas interessantes, como lições para a nossa vida , para conseguirmos realizar as coisas impossíveis aos homens comuns.

II – NÃO HÁ LIMITAÇÃO PARA UM SERVO DE DEUS, AQUILO QUE NINGUEM PODE VOCE PODE!

(Daniel 2:16) - E Daniel entrou; e pediu ao rei que lhe desse tempo, para que lhe pudesse dar a interpretação.

Havia uma ordem de morte para todos os sábios, o sonho não havia sido contado, mas Daniel sabia que o homem que tem o Espírito Santo de DEUS, pode fazer coisas que nenhum homem consegue.
Os sábios diziam ser impossível isso a qualquer homem

(Daniel 2:11) - Porque o assunto que o rei requer é difícil; e ninguém há que o possa declarar diante do rei, senão os deuses, cuja morada não é com a carne.

Aqui eles confessavam as limitações humanas para conseguir realizar esta tarefa, porém amado, Daniel mostrou que as limitações humanas desaparecem quando o espírito Santo está no comando.
Daniel sabia disso e disse ao rei, me diz o tempo e eu te revelarei o que quer saber.

Amado eu não sei o que você precisa realizar, eu não sei qual o desafio que você tem pela frente, talvez seja um que ninguém até hoje conseguiu fazer, saiba que se você buscar a unção, se encher do SENHOR você vai conseguir, não há limitações humanas que não possam ser superadas creia, se encha do conhecimento da PALAVRA e da unção do espírito como Daniel.

Daniel orava três vezes ao dia (Daniel 6:13), Daniel era um homem de Jejum (LOGO QUE CHEGOU A BABILONIA FEZ UM JEJUM DE 10 DIAS Dan. 1:12), era um homem mui amado por DEUS (Daniel 10:11).

III- VOCE PRECISA SER OUSADO NA FÉ QUE VOCE TEM PARA SER ABENÇOADO

(Daniel 2:15) - Respondeu, e disse a Arioque, capitão do rei: Por que se apressa tanto o decreto da parte do rei? Então Arioque explicou o caso a Daniel.

Arioque era o chefe dos executores, que aplicavam a pena capital ao mandado do rei, Daniel não poderia chegar de maneira humilde diante de uma ordem dada, precisa chegar confiante, com ousadia, para mostrar que NELE poderia haver mudanças.

Foi o que ELE fez, quando Daniel diz por que o rei estava tão apressado, a melhor tradução era pressa indevida, imagine a ousadia ao falar com o chefe da execução, que a pressa do rei era indevida, porque havia ali alguém que poderia mudar a história.

Amado para vencer, há momentos que temos que usar de ousadia, demonstrar no que acreditamos, para afugentar as hostes do inimigo de nossa volta.
Haja com intrepidez, sem medo, com fé, nas promessas de DEUS como Daniel.

(Salmos 21:7) - Porque o rei confia no SENHOR, e pela misericórdia do Altíssimo nunca vacilará.
(Efésios 3:11) - Segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor,
(Efésios 3:12) - No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele.

O nosso inimigo, tem que ver em nós ousadia, confiança, que a benção está sobre nós, assim como Daniel desafiou o executor.

IV- VOCE PRECISA ENTENDER NÃO SO O PODER DA ORAÇÃO, MAS O PODER DA ORAÇÃO COMO CORPO DE CRISTO, EM GRUPO

(Daniel 2:17) - Então Daniel foi para a sua casa, e fez saber o caso a Hananias, Misael e Azarias, seus companheiros;
(Daniel 2:18) - Para que pedissem misericórdia ao Deus do céu, sobre este mistério, a fim de que Daniel e seus companheiros não perecessem, juntamente com o restante dos sábios de Babilônia.

A gente já viu em várias pregações, inclusive as recentes de pastores que nos visitaram, o poder da oração em grupo, como igreja, o quanto é mais abrangente em poder, em energia espiritual, tanto que a Palavra nos exorta a orar juntos, em dois ou três

(Mateus 18:20) - Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.

V- VOCE PRECISA SABER, QUE PODE SER OUSADO POIS DEUS É UM DEUS DE MUDANÇAS

(Daniel 2:21) - E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos.

O texto que lemos mostra que DEUS é um DEUS de mudanças individuais e coletivas, ELE intervém na história, ele determina as mudanças significativas, independente se estas fazem parte natural da história, ou seja grandes e poderosos impérios caíram porque DEUS ordenou, reinos não acreditados pelos homes se estabeleceram de uma forma maravilhosa.

Entenda uma coisa DEUS move a história para te ajudar, para te favorecer, não importa o tamanho do seu inimigo, nem seu poder, então não se preocupe, com isso preocupe-se em ser ousado em sua fé.

VI – VOCE PODE SER OUSADO PORQUE DEUS TRANSMITE AOS SEUS SERVOS TUDO O QUE É DEMAIS PARA NÓS

(Daniel 2:22) - Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz.

O SENHOR mostra que seus servos nunca ficaram sem compreensão das coisas, quando o buscam, jamais ficam perplexos, ou hesitantes entre duas opiniões, porque ELE conhece todas as profundezas das coisas e também aquilo que se tenta esconder, todos os segredos (estratégias, armadilhas etc.).

(Jó 12:22) - Das trevas descobre coisas profundas, e traz à luz a sombra da morte.
(I Corintios 2:7) - Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória;
(I Corintios 2:10) - Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.

Conclusão

Ao final desta conversa com o rei, o fato de ter fé, usar com esta ousadia esta fé, com o fato de orar e buscar a oração congregacional, fez com que Daniel dissesse qual foi o Sonho, interpretá-lo e salvar sua vida e a vida de sues amigos

(Daniel 2:36) - Este é o sonho; também a sua interpretação diremos na presença do rei.
(Daniel 2:46) - Então o rei Nabucodonosor caiu sobre a sua face, e adorou a Daniel, e ordenou que lhe oferecessem uma oblação e perfumes suaves.
(Daniel 2:47) - Respondeu o rei a Daniel, e disse: Certamente o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis e revelador de mistérios, pois pudeste revelar este mistério.
(Daniel 2:48) - Então o rei engrandeceu a Daniel, e lhe deu muitas e grandes dádivas, e o pôs por governador de toda a província de Babilônia, como também o fez chefe dos governadores sobre todos os sábios de Babilônia.
(Daniel 2:49) - E pediu Daniel ao rei, e constituiu ele sobre os negócios da província de Babilônia a Sadraque, Mesaque e Abednego; mas Daniel permaneceu na porta do rei.


Nenhum comentário:

Postar um comentário