QUEM SOMOS E NOSSO COMPROMISSO

Fundada em 03/2001, com a missão de levar a mensagem do evangelho, aos 4 cantos deste país, é uma igreja fundamentada na Palavra de Deus, em busca de constante conhecimento da Palavra, unção do Espírito Santo, santidade e servir ao SENHOR com dedicação e compromisso.



quinta-feira, 13 de agosto de 2015

O cuidado que temos que ter quando assumimos posições diante do Senhor.


Hoje tem sido muito comum, no cotidiano pessoas quebrando acordos,  contratos,  alianças,  pelos mais variados motivos e tantos outros sem motivo algum para isso.

Isso é uma prática que acontece em todas as famílias,  muitas vezes bem pertinho da gente. Quantas vezes a gente combina as coisas e não cumpre?
Quantos filhos prometem a seus pais que irão se esforçar estudar, e as  notas vem cada vez mais baixas?

Quantas vezes prometemos coisas aos nossos filhos e acabamos não fazendo, assim também entre marido e mulher, irmãos e irmãs,  governantes e governados, políticos e eleitores, e etc.

Este fato também, por fazer parte da vida cotidiana secular, acaba sendo levado para dentro da igreja,  atinge nossa comunhão,  o nosso relacionamento com o Senhor, quando falamos,  declaramos coisas ao Senhor e depois por muitos motivos deixamos de cumprir o que falamos.

Quantas pessoas em oração não declaram a Deus inúmeros votos que pretendem fazer,  naquele momento, e com o passar do tempo, aquele voto prometido acaba por perder a importância,  da parte de quem o fez?

Isto não deve ser assim, veja o que diz o texto de Deuteronomio 23:21:
" Quando fizeres algum voto ao Senhor teu Deus,  não tardarás em cumpri - lo,  porque o Senhor teu Deus o requererá de ti e em ti haverá pecado".

A Palavra diz ainda que o melhor se não há uma firme decisão de cumprir os votos feitos é não fazê-lo,  veja Deuteronomio 23:22:

" Porém,  abstendo - te de votar, não haverá pecado em ti".

O voto deve ser cumprido porque é feito voluntariamente,  ninguém é obrigado a fazê-lo,  mas em fazendo deve ser cumprido.

Deuteronomio 23:23:

" O que saiu de teus lábios guardarás,  e cumpriras,  tal como voluntariamente votaste ao Senhor teu Deus,  declarando o por tua boca".

Você é eu não seremos abençoados,  se não cumprimos nossos votos diante do Senhor, por isso pense bem, modere sua boca,  faça apenas votos que você possa cumprir, para que a benção de Deus se estabeleça em sua vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário