QUEM SOMOS E NOSSO COMPROMISSO

Somos uma igreja evangélica, pentecostal, fundamentada na Palavra de DEUS, da qual não abrimos mão de sua importância para o crescimento da igreja e das pessoas.



terça-feira, 20 de dezembro de 2016

A UNÇÃO É PARA SERVIÇO, NÃO PARA DELEITE

Texto base:
II REIS 8:1-6-1 Ora Eliseu havia falado àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o Senhor chamou a fome, e ela virá sobre a terra por sete anos.
2 A mulher, pois, levantou-se e fez conforme a palavra do homem de Deus; foi com a sua família, e peregrinou na terra dos filisteus sete anos.
3 Mas ao cabo dos sete anos, a mulher voltou da terra dos filisteus, e saiu a clamar ao rei pela sua casa e pelas suas terras.
4 Ora, o rei falava a Geazi, o moço do homem de Deus, dizendo: Conta-me, peço-te, todas as grandes obras que Eliseu tem feito.
5 E sucedeu que, contando ele ao rei como Eliseu ressuscitara aquele que estava morto, eis que a mulher cujo filho ressuscitara veio clamar ao rei pela sua casa e pelas suas terras. Então disse Geazi: Ó rei meu senhor, esta é a mulher, e este o seu filho a quem Eliseu ressuscitou.
6 O rei interrogou a mulher, e ela lhe contou o caso. Então o rei lhe designou um oficial, ao qual disse: Faze restituir-lhe tudo quanto era seu, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou o país até agora.
O texto nos leva a época em que Eliseu era o profeta sobre Israel, substituindo a Elias, e uma das coisas marcantes da vida do profeta Eliseu, era a sua vontade de servir a Deus.
Ele abandonou a sua família, seu trabalho na lavoura, para atender ao chamado de Elias, que iria prepará-la para a obra do SENHOR.
Eliseu era um jovem, cheio de ideais, de vigor e muito trabalhador, ajudava a seu pai um abastado fazendeiro a arar a terra com as juntas de bois. 
Diz a Bíblia que Eliseu lavrava a terra com a duodécima junta de bois, ou seja, ele levava a décima segunda junta de bois, ia bem atrás tocando os bois quando foi chamado por Elias
I REIS 19:19-20 Partiu, pois, Elias dali e achou Eliseu, filho de Safate, que andava lavrando com doze juntas de bois adiante dele, estando ele com a duodécima; chegando-se Elias a Eliseu, lançou a sua capa sobre ele.
20 Então, deixando este os bois, correu após Elias, e disse: Deixa-me beijar a meu pai e a minha mãe, e então te seguirei. Respondeu-lhe Elias: Vai, volta; pois, que te fiz eu?
Eliseu aceitou a seu chamado, sem se apegar a mais coisa alguma, os pais que amava, sua profissão na lavoura, tanto isto é verdade, que ao sair de sua casa, queimou seus aparatos de trabalho.
I REIS 19: 21 Voltou, pois, de o seguir, tomou a junta de bois, e os matou, e com os aparelhos dos bois cozeu a carne, e a deu ao povo, e comeram. Então se levantou e seguiu a Elias, e o servia.
Eliseu foi assumiu o compromisso e num determinado momento de sua vida com Elias, pediu a Elias que ele recebesse a porção dobrada do Espirito que agia sobre Elias, para que ele pudesse servir a Deus.
II REIS 2:9 Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Eliseu: Peço-te que haja sobre mim dobrada porção de teu espírito.
E diz a Palavra que Elias mostra que se o SENHOR fosse capacitar a Eliseu como sucessor, ele viria tudo o que iria acontecer com Elias.
II REIS 2: 10 Respondeu Elias: Coisa difícil pediste. Todavia, se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará; porém, se não, não se fará.
E o que aconteceu é que Eliseu viu a tudo e foi capacitado pelo SENHOR com a unção do Espirito Santo de Deus sobre sua vida.
II REIS 2: 11 E, indo eles caminhando e conversando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.
12 O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai! o carro de Israel, e seus cavaleiros! E não o viu mais. Pegou então nas suas vestes e as rasgou em duas partes;
Eliseu queria mais unção, para realizar mais, para servir mais, e o SENHOR à deu a Eliseu, mas entenda uma coisa Deus só dá mais unção com objetivos finalidades.
II- A UNÇÃO É DERRAMADA PARA QUE VOCE MUDE DE PATAMAR NA VIDA ESPIRITUAL
II REIS 8:1- 1 Ora Eliseu havia falado àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o Senhor chamou a fome, e ela virá sobre a terra por sete anos.
Eliseu queria mais unção do que aquela que operava na vida de seu antecessor chamado Elias, mas mais unção é também mais trabalho, mais enfrentamento e acima de tudo vencer e alcançar patamares superiores na vida espiritual.
Durante o ministério de Eliseu, veio uma fome sobre a terra de Israel, em virtude de sua desobediência aos planos de Deus. Assim como já tinha vindo sobre o tempo do ministério de Elias.
Mas é interessante notar que a fome que veio sobre o ministério do profeta Elias foi de 3 anos e meio, como se vê em 
I REIS 17:1- 1 Então Elias, o tisbita, que habitava em Gileade, disse a Acabe: Vive o Senhor, Deus de Israel, em cuja presença estou, que nestes anos não haverá orvalho nem chuva, senão segundo a minha palavra.
I REIS 18: 1 Depois de muitos dias veio a Elias a palavra do Senhor, no terceiro ano, dizendo: Vai, apresenta-te a Acabe; e eu mandarei chuva sobre a terra.
No caso de Eliseu a seca e com isto a fome dobrou por um período de 7 anos, porque a luta era maior, a necessidade de uma correção era maior e a capacidade do profeta era para alcançar maiores vitórias.
Irmãos creia à medida que nos aprofundamos mais na busca da vontade de Deus, na plenitude do Espirito Santo de Deus, coisas maiores Deus fara em nós.
Se formos a Palavra de Deus vamos perceber que Elias operou 13 grandes milagres.
OS MILAGRES REALIZADOS POR ELIAS

Com sua capa abriu o rio Jordão (2 Reis 2: 8),Profetizou uma grande seca (I Reis 17:1; Tg 5:17), Aumentou o azeite e farinha da viúva (I Reis 17:14, 16);Deu vida ao filho da viúva (I Reis 17: 21-23), Destruiu o altar de Baal (I Reis 18: 36-38),Decretou o fim da seca (I Reis 18: 42,45), Ungiu Eliseu profeta em seu lugar (I Reis 19: 16),Desarmou os siros diante de Israel (I Reis 20:28), Lavrou a sentença do rei Acabe (I Reis 21:19, 20);Profetizou a sentença de Jezabel (I Reis 21:23), A morte de Acazias (II Reis 1:3, 4,6);102 homens são consumidos pelo fogo (II Reis 1:10, 12);Profetizou a ruína e morte de Jorão rei de Judá (II Cr 21:12-20).
Por sua vez Eliseu operou 26 grandes milagres


OS MILAGRES REALIZADOS POR ELISEU
 
Abriu o rio Jordão (II Reis 2:14);Sarou as águas de Jericó (II Reis 2:22-23);42 adolescentes despedaçados por duas ursas (II Reis 23,24);Providenciou água a três Reis (II Reis 3:15, 16,20);Aumentou o azeite da viúva (II Reis 4:6, 7);O filho da sunamita (II Reis 4:14, 16,17);Ressuscitou o menino (II Reis 4:19, 35);Tirou a morte da panela (II Reis 4:41);A multiplicação dos pães (II Reis 4:42-44); Curou Naamã da lepra (II Reis 5:14);Colocou lepra em Geazi, seu auxiliar (II Reis 5:27);Fez nadar um machado (II Reis 6:6, 7);Revelou ao rei de Israel o esconderijo dos siros (II Reis 6:9, 12);Deu visão espiritual a Geazi (II Reis 6:17);Segou o siros (II Reis 6:18);Tornou a devolver-lhes a visão (II Reis 6:20);Livrou-se da morte por revelação divina (II Reis 6:31, 32);Previu alimentação ao povo de Samaria (II Reis 7:1, 18);Sentenciou Ben-Hadade à morte (II Reis 8:10, 15);Profetizou o mal que Hazael faria a Israel (II Reis 8:12; 10:32);A unção de Jeú a rei (II Reis 9:1-3,6);A vitória de Jeoás (II Reis 13:17, 19,25);Sentenciou a morte de um capitão (II Reis 7:2, 19,20);Anunciou uma seca por sete anos (II Reis 8:1);A derrota dos moabitas (II Reis 3:18, 24);Depois de morto ressuscitou um defunto (II Reis 13:21).
A UNÇÃO NOS CAPACITA A ENFRENTAR DESAFIOS MAIORES, VENCER AS MAIORES LUTAS, MAS ENVOLVE MAIOR DISPOSIÇÃO E COMPROMISSO
III-  A UNÇÃO DE DEUS NOS TRANSFORMA EM PESSOAS QUE NÃO ESQUECEM A TRAJETORIA DE SUA VIDA 
II REIS 8:1- II REIS 8:1- 1 Ora Eliseu havia falado àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o Senhor chamou a fome, e ela virá sobre a terra por sete anos.
A UNÇÃO não nos deixa esquecer o nosso passado, a nossa trajetória, para que entendamos como somos dependentes uns dos outros, nos faz lembrar dos que de alguma forma nos ajudaram o nome disso é gratidão.
O SENHOR avisa a Eliseu, que viria uma grande fome sobre a terra, e a primeira coisa que o ungido do SENHOR se lembra, é da mulher que investiu em sua vida, da mulher que construiu um alojamento para ele, que depois demonstrou toda sua fé e fidelidade indo diante dele buscar a cura para seu filho. Não em si mesmo
A unção de Deus sobre seu povo, serve para nos lembrar daqueles que deus USOU EM NOSSA VIDA e nos move a encontrá-los com: gratidão, com atos abençoadores, com o desejo de retribuir o que foi feito.
Foi graças a gratidão de Eliseu que a mulher habitou na terra dos filisteus por sete anos sem ser incomodada
II REIS 8:2- 2 A mulher, pois, levantou-se e fez conforme a palavra do homem de Deus; foi com a sua família, e peregrinou na terra dos filisteus sete anos.
Foi graças a gratidão de Eliseu que mesmo ela ficando 7 anos fora de suas terras, ao cessar a fome ela voltou e foi diante do rei requisitar sua propriedade
II REIS 8:3- 3, mas ao cabo dos sete anos, a mulher voltou da terra dos filisteus, e saiu a clamar ao rei pela sua casa e pelas suas terras.
A terra com certeza havia sido ocupada por outras pessoas, ela abandonara suas terras, de forma legal seria difícil recuperá-la, mas como esta mulher era uma serva comprometida com Deus, o SENHOR providencia para que no mesmo momento que ela fosse solicitar a restituição estivesse na corte Geazi o servo de Eliseu, que começou a dizer ao rei o que o profeta fez com aquela mulher
II REIS 8:4-5- 4 Ora, o rei falava a Geazi, o moço do homem de Deus, dizendo: Conta-me, peço-te, todas as grandes obras que Eliseu tem feito.
5 E sucedeu que, contando ele ao rei como Eliseu ressuscitara aquele que estava morto, eis que a mulher cujo filho ressuscitara veio clamar ao rei pela sua casa e pelas suas terras. Então disse Geazi: Ó rei, meu senhor, esta é a mulher, e este o seu filho a quem Eliseu ressuscitou.
O resultado foi que pelo testemunho da mulher de Geazi tudo lhe foi restituído
II REIS 8:6- 6 O rei interrogou a mulher, e ela lhe contou o caso. Então o rei lhe designou um oficial, ao qual disse: Faze restituir-lhe tudo quanto era seu, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou o país até agora.
Tudo o que fazemos para Deus são momentâneos e passageiros, mas suas benções sobre nossas vidas são de eternidade em eternidade.
IV –A UNÇÃO DE DEUS FAZ COM QUE VOCE SEJA RESPEITADO PELOS INIMIGOS
II REIS 8:7-8- 7 Depois veio Eliseu a Damasco. E estando Bene-Hadade, rei da Síria, doente, lho anunciaram, dizendo: O homem de Deus chegou aqui.
8 Então o rei disse a Hazael: Toma um presente na tua mão, vai encontrar-te com o homem de Deus e por meio dele consulta ao Senhor, dizendo: Sararei eu desta doença?
Veja que o rei Bem Hadade da Síria caiu enfermo e solicitou a presença de Eliseu para consultar a Deus sobre sua saúde.
Ao chegar na síria um pais pagão se vê o respeito do povo ao anunciar ao rei que “o homem de Deus “ havia chegado.
V7) 7 Depois veio Eliseu a Damasco. E estando Bene-Hadade, rei da Síria, doente, lho anunciaram, dizendo: O homem de Deus chegou aqui.
Por sua vez o rei Bem Hadade fez a mesma coisa e acrescentou para recebe-lo com um presente
V8) 8 Então o rei disse a Hazael: Toma um presente na tua mão, vai encontrar-te com o homem de Deus e por meio dele consulta ao Senhor, dizendo: Sararei eu desta doença?
E como se pode ver foi um presente em grandes proporções
Quando seu servo se aproximou de Eliseu, disse “Teu filho enviou-me a perguntar para ti se sararia desta doença, mostrando o respeito de um pai para um filho (v9)
V– A UNÇÃO FAZ COM QUE VOCÊ VEJA AQUILO QUE NINGUÉM VÊ.
II REIS 8:10-11- 10 Respondeu-lhe Eliseu: Vai e dize-lhe: Hás de sarar. Contudo o Senhor me mostrou que ele morrerá.
11 E olhou para Hazael, fitando nele os olhos até que este ficou confundido; e o homem de Deus chorou.
A unção nos dá a capacidade de descobrir as coisas mais profundas e escondidas de todas as situações.
O profeta foi consultado sobre a doença, através de Hazael, que não era da família real, mas era servo do rei, seu nome significa aquele a quem Deus vê, ou contempla.
Quando Eliseu deu a notícia que o rei sararia, o SENHOR revela ao profeta que Hazael iria matar o rei, quando este fosse curado.
II REIS 8:10 -  Respondeu-lhe Eliseu: Vai e dize-lhe: Hás de sarar. Contudo o Senhor me mostrou que ele morrerá.
Como alguém que lutava pela cura de seu senhor, indo até um profeta de um povo que era inimigo do seu, poderia ser considerado um inimigo do rei? Quem poderia imaginar tal coisa?
Se tivesse que se apontar um inimigo no meio da corte do rei Hazael, aos olhos humanos talvez fosse a última pessoa a ser apontada.
Não é assim na nossa vida as vezes somos decepcionados, roubados, atacados, por pessoas que jamais imaginávamos, mas cheio da unção é diferente, você enxerga aquilo que ninguém enxerga, e quando você toma atitudes talvez as pessoas nem entendam, mas você entende, porque vem do Espirito.
I CORINTIOS 2: 14-15 - Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido.
Veja o que aconteceu no dia seguinte ao encontro de Hazael com Eliseu
II REIS 8:15- 15 Ao outro dia Hazael tomou um cobertor, molhou-o na água e o estendeu sobre o rosto do rei, de modo que este morreu. E Hazael reinou em seu lugar.
O SENHOR revelou pelo Espirito a Eliseu coisas que somente o íntimo de Hazael conheciam, ninguém mais, pois ele não tinha amigos, era uma pessoa desprezada pelas autoridades sírias.
I CORINTIOS 2: 9, Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.
10 Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus.
JEREMIAS 33:2-3- 2 Assim diz o Senhor que faz isto, o Senhor que forma isto, para o estabelecer; o Senhor é o seu nome.
3 clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.
VI-CHEIO DE UNÇÃO DEIXAMOS O INIMIGO ENVERGONHADO, EMBARAÇADO
II REIS 8:11- 11 E olhou para Hazael, fitando nele os olhos até que este ficou confundido; e o homem de Deus chorou.
(em outras traduções: envergonhado, embaraçado)
Percebemos no texto que quando Eliseu recebeu a revelação, o profeta fixou os olhos em Hazael profundamente a ponto de Hazael ser profundamente tocado, ficando como diz algumas traduções: “ embaraçado” “cheio de vergonha”
Irmão é preciso parar de ficar encolhido, acanhado por causa dos inimigos que se levantam contra nós, é hora de no poder do Espirito Santo, coloca-los contra a parede, confundi-los, envergonha-los e saímos vitoriosos, alegres e realizados.
III-  NÃO PENSE QUE SEU CONHECIMENTO, SUAS POSSES, PODEM TE LIVAR NA HORA DA CRISE, QUEM FAZ ISSO É A SUA FÉ E SEU COMPROMETIMENTO COM A OBRA DE DEUS.
II REIS 8:1- 1 Ora Eliseu havia falado àquela mulher cujo filho ele ressuscitara, dizendo: Levanta-te e vai, tu e a tua família, e peregrina onde puderes peregrinar; porque o Senhor chamou a fome, e ela virá sobre a terra por sete anos.
Veja que Eliseu ao saber da fome que viria sobre a nação, foi imediatamente avisar a mulher Sunamita, a mesma que lhe havia construído um aposento, ao ver o profeta passando por sua região várias vezes, para pregar a Palavra é percebendo que ele não tinha acomodações para descansar e manter a obra
II REIS 4:8-11- 8 Sucedeu também certo dia que Eliseu foi a Suném, onde havia uma mulher rica que o reteve para comer; e todas as vezes que ele passava por ali, lá se dirigia para comer.
9 E ela disse a seu marido: Tenho observado que este que passa sempre por nós é um santo homem de Deus.
10 façamos-lhe, pois, um pequeno quarto sobre o muro; e ponhamos-lhe ali uma cama, uma mesa, uma cadeira e um candeeiro; e há de ser que, quando ele vier a nós se recolherá ali.
11 sucedeu que um dia ele chegou ali, recolheu-se àquele quarto e se deitou.
Veja que mesmo para uma mulher rica, com o marido com terras, lavouras e empregados, eles não suportariam a seca e a fome que viria sobre a nação.
Amado não é seu dinheiro, seu emprego, suas posses, sua posição social ou ministerial que são a sua segurança, pois quando a crise vem atinge a todos, somente o que pode nos livrar é o nossa fé e comprometimento com Deus.
É ELE que nos põe de pé.
SALMOS 20:7- 7 Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus.
8 uns encurvam-se e caem, mas nós nos erguemos e ficamos de pé.
Por isso no tempo das grandes colheitas, da bonança é o tempo que devemos nos preparar espiritualmente, buscando mais a Deus, mais a unção e o poder do Espirito Santo, investindo no reino de Deus como fez a Sunamita e seremos preservados pelo SENHOR.
A mulher de Suném no tempo de paz de boas colheitas, investiu no reino de Deus construindo uma casa ao profeta, depois investiu em sua fé, quando lhe foi prometido um filho em sua idade avançada ele recebeu e creu, sendo abençoada, depois o menino ficou doente e morreu ela investiu em sua fé, em busca do profeta para ressuscitar o menino e o menino ressuscitou.
Quando chegou a época da fome, o profeta a avisou e ela preparada que estava não hesitou em largar tudo que era seu para seguir para uma terra estranha.
Comprometimento, submissão, resultado vitória
CONCLUSÃO
Hoje muitas pessoas querendo calar a unção, o poder de Deus, os dons em nosso tempo. Você já trilhou as redes sociais para ver como se critica os pentecostais, os dons, etc.?
POR QUE  TANTO ATAQUE AOS PENTECOSTAIS E AOS DONS DO ESPIRITO SANTO?

Simples porque querem o cristão distante da obediência, do crescimento no conhecimento e na graça de Deus, veja o que diz o texto de I CORINTIOS 14:3:
"Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação."
A unção traz consigo coisas importantes para a vida espiritual, como este texto nos diz, que são: Edificação, exortação e consolação.
 
O inimigo sabe a importância disso, e por isso ele quer calar a:

A exortação denuncia a desobediência


As pessoas não querem limites, não gostam de uem denuncia que os mlimites estão sendo ultrapassados, querem vivcer de seu jeito, não aceitam a exposição de seus erros.

 
A Edificação porque somos mais submissos e eficientes no trabalho espiritual


Somos edificados quando vem a ministração profética sobre nossa vida
I CORINTIOS (cap. 2) ·13 as quais também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito Santo, comparando coisas espirituais com espirituais.
A consolação porque nos deixa equilibrados emocionalmente e espiritualmente

Quem não tem o consolo do Espirito vive atormentado, pois não recebe o refrigério que a palavra traz. 
O homem está longe de Deus, vive desestabilizado em  desespero e  angústia, que o leva a tomar atitudes insanas e contrárias a Palavra de Deus.
.
Muitos se levantam para nos calar, dizendo que estamos enganando, iludindo e dando falsas esperanças para as pessoas, porque são instrumentos do inferno, com o desejo de  manter as pessoas,  debaixo do domínio do inimigo, mas a promessa de Deus é que a unção despedaçaria tudo isso.
ISAIAS 61:1,3- O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;
3 a ordenar acerca dos que choram em Sião que se lhes dê uma grinalda em vez de cinzas, óleo de gozo em vez de pranto, vestidos de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorificado.

Temos uma unção sobre as nossas vidas, por isso não nos calaremos diante das afrontas do inimigo, mas continuaremos profetizando e vivendo os milagres que testificam a palavra profética, e a semelhança dos primeiros apóstolos continuaremos a expandir o reino de Deus, a despeito das perseguições e das oposições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário