QUEM SOMOS E NOSSO COMPROMISSO

Fundada em 03/2001, com a missão de levar a mensagem do evangelho, aos 4 cantos deste país, é uma igreja fundamentada na Palavra de Deus, em busca de constante conhecimento da Palavra, unção do Espírito Santo, santidade e servir ao SENHOR com dedicação e compromisso.



quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

AS LIÇÕES DAS BODAS DE CANÁ




Introdução

JOÃO 2:1-11-1 Três dias depois, houve um casamento em Caná da Galiléia, e estava ali a mãe de Jesus;
2 e foi também convidado Jesus com seus discípulos para o casamento.
3 E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho.
4 Respondeu-lhes Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.
5 Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser.
6 Ora, estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três metretas.
7 Ordenou-lhe Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima.
8 Então lhes disse: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. E eles o fizeram.
9 Quando o mestre-sala provou a água tornada em vinho, não sabendo donde era, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água, chamou o mestre-sala ao noivo
10 e lhe disse: Todo homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.
11 Assim deu Jesus início aos seus sinais em Caná da Galiléia, e manifestou a sua glória; e os seus discípulos creram nele.
12 Depois disso desceu a Cafarnaum, ele, sua mãe, seus irmãos, e seus discípulos; e ficaram ali não muitos dias.

O texto fala do momento em que Jesus é convidado para uma festa de casamento em Caná da Galiléia.

Lá estavam Jesus, sua família e seus discípulos, participando da festa, que no oriente durava mais de uma semana.

Tudo ia bem músicas, comida, bebida, alegria, bate-papo, porém num determinado momento, um problema sério: faltou o vinho.

Isto era uma tragédia para a reputação do noivo e da família, pois expressava uma falta de consideração do anfitrião com seus convidados.
Se isto não fosse resolvido a reputação do anfitrião seria extremamente abalada naquela comunidade.

Com este acontecimento e as ações que se sucederam, vamos verificar que as vezes aquilo que consideramos desagradável, são extremamente importantes para a nossa vida.

II – A IMPORTANCIA DE NÃO SE ISOLAR DOS IRMÃOS DA FÉ

JOÃO 2:2-2 e foi também convidado Jesus com seus discípulos para o casamento.

Veja que o anfitrião convidou a família de Jesus, estava lá sua mãe, o texto não fala, mas provavelmente seu pai e seus irmãos, convidou a Jesus, mas não deixou os discípulos de fora.

Os discípulos, os servos de Deus, faziam parte das comemorações, hoje é comum nos cercarmos de mais amigos do mundo do que dos irmãos da igreja.

Não que você não possa ter amigos de fora da fé, mas é essencial que os nossos irmãos façam parte do nosso convívio social, parte da nossa vida, das nossas lutas, dos nossos sucessos, afinal somos irmãos.

É importante também porque quando há unidade da igreja em todos os níveis há um alcance espiritual maior.

Veja que a igreja que mais realizou espiritualmente foi a igreja de Atos e como eles viviam?

ATOS 2: 42-43 e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.

43 Em cada alma havia temor, e muitos prodígios e sinais eram feitos pelos

Porque a Bíblia mostra que somos uma família

EFÉSIOS 2: 19 Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus,

A comunhão é uma proteção para nossa vida

ECLESIASTES 4: 9-12 - 9 Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.

10 Pois se caírem, um levantará o seu companheiro; mas ai do que estiver só, pois, caindo, não haverá outro que o levante.

11 Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará?

12 E, se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.

A igreja reunida tem o poder de ligar e deligar coisas no reino espiritual


MATEUS 18:17-19-17 Se recusar ouvi-los, dize-o à igreja; e, se também recusar ouvir a igreja, considera-o como gentio e publicano.

18 Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu.

19 Ainda vos digo mais: Se dois de vós na terra concordarem acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.

A igreja reunida atrai bênçãos de Deus

SALMOS 133:1-3 - Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!
2 É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desceu sobre a barba, a barba de Arão, que desceu sobre a gola das suas vestes;
3 como o orvalho de Hermom, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordenou a bênção, a vida para sempre.

Portanto estenda seu convívio com os irmãos para além dos muros da igreja

III- A IMPORTÂNCIA DE TER GENTE QUE NOS ALERTA SOBRE AS COISAS QUE NÃO VÃO BEM 

JOÃO 2:3-3 E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho.

Quem primeiro percebeu que as coisas não estavam bem na festa e para o anfitrião, foi Maria mãe de Jesus e não os empregados, não outros convidados, mas Maria

Sabe que é isso? 

É alguém que conhece as consequências do erro, dos maus projetos, do mau planejamento, do caminho inapropriado, que ao perceber vai e confronta, busca uma solução, alerta, para que haja uma mudança na situação.

Muitos de nós não gostamos de ser corrigidos, que apontem os nossos caminhos inconvenientes, de pessoas que nos coloquem em xeque para confrontar e mudar. O que estas pessoas se esquecem, que todos nós precisamos de alguém que aponte aquilo que não está indo bem, aquilo que pode causar dano à nossa vida, para que haja tempo de consertar.

Por outro lado, irmãos todos temos a responsabilidade de não nos calar, quando vemos que um problema atinge o meio dos irmãos.

Não podemos achar que isso não é problema seu, mas é do dono da festa, é nosso dever orientar

LUCAS 17:3-3 Tende cuidado de vós mesmos; se teu irmão pecar, repreende-o; e se ele se arrepender, perdoa-lhe.

EZEQUIEL 3: 18-19 - Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; se não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, a fim de salvares a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniqüidade; mas o seu sangue, da tua mão o requererei:
19 Contudo se tu avisares o ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniqüidade; mas tu livraste a tua alma.
IV -  IMPORTANCIA DE ACREDITAR SEMPRE
JOÃO 2:3-4-3 E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho.
4 Respondeu-lhes Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.

Quando a mãe de Jesus, vai até ele para pedir socorro, pois faltava vinho na festa, a resposta de Jesus foi dura, parecia que Jesus não estava disposto a atender, veja que ELE diz que não era chegada a sua hora

JOÃO 2: 4 Respondeu-lhes Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.

Mas Maria acreditava sempre, que Jesus jamais rejeita a necessidade e mesmo com uma resposta dura, ela diz aos servos que:

JOÃO 2:5-5 Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser.

Jesus não rejeita uma oração, não rejeita que sem achega a ELE

JOÃO 6:37-37 Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.

O SENHOR não nos desampara

SALMOS 27:10 Se meu pai e minha mãe me abandonarem, então o Senhor me acolherá.
SALMOS 9:10 -10 Em ti confiam os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, não abandonas aqueles que te buscam.

Por isso mesmo que as circunstâncias pareçam contrárias mantenha a fé.

 V- A IMPORTANCIA DE SEGUIR INSTRUÇÕES MESMO QUE PAREÇAM ESTRANHAS

João 2:5-5 Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser.

Veja que a mãe de Jesus diz aos empregados do anfitrião da festa, que sigam todas as instruções de Jesus.

Porque ela sabia que ele poderia pedir algo que a mente humana não compreendesse, e é isso que acontece, na falta de vinho ele pede que enchessem as talhas com água.
Imagine os serventes pensando, falta vinho e ele pede para encher de água, poderiam não atender.

Mas o que aconteceu foi que eles ficaram firmes a instrução

Foi assim com muitos homens de Deus, que seguiram ordens aparentemente improprias, mas foram abençoados.

Pisa no mar vermelho que ele vai se abrir;

Diz a rocha para dar agua;

Constrói um navio no deserto;etc.

Conclusão

Tem muita coisa importante que a gente não dá o devido valor, vamos começar o ano entendendo a importância dessas coisas.

A importância de viver em comunhão com os irmãos;

A importância de quem nos orientes os erros que estamos cometendo;

A importância de obedecer sempre e de acreditar sempre

Nenhum comentário:

Postar um comentário